A Prefeitura de São Paulo, por meio do Decreto nº 59.283, declarou situação de emergência no município a partir da última terça-feira (17/03). O documento, assinado pelo prefeito Bruno Covas, vigorará enquanto durar a situação de emergência, nos termos da Lei nº 13.979, de 2020, que dispõe sobre as medidas para enfrentamento da emergência de saúde pública de importância internacional decorrente do coronavírus responsável pelo surto de 2019.

Quarta-feira (18), o Prefeito Bruno Covas, assinou um decreto determinando o fechamento do comércio na cidade de São Paulo a partir de sexta-feira (20) até o dia 5 de abril (domingo), por causa da crise do coronavírus na cidade. Continuarão funcionando na cidade de SP:

  • Hipermercados e supermercados;
  • Padarias;
  • Farmácias;
  • Postos de Gasolina;
  • Lojas de Conveniência;
  • Restaurantes e Lanchonetes;
  • Lojas de produtos para animais;
  • Feiras Livres.

Diante desse fato, por decisão dos condôminos do Ed. Souza Campos, edifício onde fica a Sede do SITESP e a Sede Regional da FEBRAFISCO, o acesso  à edificação ficará restrito as dependências do Cartório instalado no local (térreo e 1º andar), em horário reduzido.

Sendo assim, comunicamos a todos os Técnicos da Fazenda Estadual de São Paulo, que a partir de segunda-feira (23), nosso atendimento passará a ser realizado exclusivamente através do e-mail: [email protected] e do telefone: (11) 9 5942-1548, em razão das determinações da Prefeitura da cidade de São Paulo.

Os membros afastados da Diretoria estarão trabalhando em sistema Home-Office.

Havendo alterações nas determinações já divulgadas, informaremos a todos.

#JUNTOSSOMOSMUITOMAIS

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *